Minha vida de estudante no cégep – parte 4

Salut mes amis!

Vejam só… já estou na quarta sessao (ou quarto semestre) do curso Techniques de la documentaçao do Cégep Garneau. Passa rápido bagarai e, ao mesmo tempo, parece que nunca vai ter fim… Vai entender!

Neste inverno 2017, estou encarando seis matérias e, como de praxe, aí vai o perfil de cada uma delas:

 Classification de la Library of Congress – Esta é uma matéria especifica do curso. Aqui no Canada, a maioria das bibliotecas classifica seus livros respeitando as normas da famosa Library of Congress, a biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. Nao é uma matéria dificl, mas também nao é facil, pois o conteúdo está todo em inglês e passo uns apertos na hora de traduzir e decidir em qual a área do conhecimento um determinado livro se encaixa.

Classification Dewey – Outra matéria especifica e, como o próprio nome diz, outro tipo de classificaçao documentária bem utilizado por aqui. O nível de dificuldade é o mesmo da Library of Congress, mas estou sobrevivendo.

Littérature québécoise – Aterrissei na terceira literatura obrigatória para quem opta por un DEC (Diplôme d’études collégiales). Confesso que tô adorando. Já li o romance Maria Chapdelaine de Louis Hémon e duas peças de teatro: Les belles-soeurs e À toi, pour toujours, ta Marie-Lou,  do célebre Michel Tremblay. O romance é bem água com açúcar, mas as peças mexeram muito comigo porque mostram uma realidade bem crua do Québec. Tenho mais três obras pela frente. É a melhor literatura do DEC até agora, apesar de exigir muito na hora das provas dissertativas.

Parênteses (Se alguém tiver interesse, vou doar todos os livros depois de terminado o período. Tenho pânico de ver minha estante abarrotada de livros que já li. Nao tenho apego, pois acredito que um livro precisa circular, ainda mais se for bom. Entao… se alguém quiser, é só falar :D)

Philosophie et rationalité – #VemNiMim, Antisthène, Diogène, Épicure, Zénon de Cition, Platon… Se é obrigatório encarar esses lokis, bora enlouquecer junto com eles!

Promotion de services documentaires – Outra matéria específica e muito interessante, pois nao tem prova. A classe foi dividida em equipes e cada equipe terá que fazer uma exposiçao na biblioteca do cégep. Daí todos os preparativos até a execuçao serao avaliados. A minha equipe vai expor entre 31 de março e 7 de abril e o tema escolhido foi BleuBlancVert : voir au-delà de la couleur.

Recherche d’informations 2 – Esta disciplina, também específica, dá continuidade ao esquema onde-como-quando-e-porque saber pesquisar um assunto ou tema é primordial para profissional de biblioteca, de arquivo ou de gestão de documentos administrativos.

E assim caminha a humanidade estudantil…

Como nao vamos ao Brasil este ano visitar nossos entes queridos, vou encarar um trabalho de verao, talvez na área da documentation… Assunto pra outro post, ok?

Até a próxima!

bleu-blanc

BleuBlancVert : voir au-delà de la couleur

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Minha vida de estudante no cégep – parte 4

  1. Luciana disse:

    Cara Nilian,
    Encontrei o blog de vocês há pouco tempo e gosto muito da simplicidade de vocês.
    Cheguei em Ville de Québec há 3 meses e também estou estudando, mas depois de muito tempo longe da escola, não faço idéia como alguém pode dar conta de 7 matérias em uma sessão. Como você consegue administrar? Outra coisa: gostaria da dica valiosa de onde voces encontraram a saudosa mandioquinha nessa cidade. Já to aqui morta de saudade da vaca atolada (sou de BH). Gostei muito da afirmação do Fabrício que nós saímos do Brasil e ganhamos 2 pátrias. Espero ter a oportunidade de conhecê-los pessoalmente nessa nova terra e curtir uma tarde quente de verão (1o inverno é fogo e não vejo a hora de acabar!!).

    Grande abraço,
    Luciana.

    • Les Brazucois disse:

      Ei, Luciana! Prazer em conhecê-la e recebê-la aqui no bloguinho.
      Nem eu sei como administro seis ou sete matérias por sessão. Quando dou por mim, o período já terminou. Parece que sou engolida…rs!
      Eu sempre encontro mandioca no Maxi. Vou marcar um vaca atolada aqui em casa pra vc no verão. Anota aí meu celular 581 986-9808. Só não marco agora porque tô no meio do furacão do Cégep.
      Enfim, a gente se vê em breve!
      Abraços
      Nilian

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s