La première semaine

Salut mes amis!

Sobrevivemos!

Estamos apaixonados e confiantes de que esta foi a escolha certa para nossa vida!

A primeira semana foi recheada de descobertas e correria. Os documentos para virarmos gente aqui foram tranquilos para solicitar.

Nosso primeiro contato foi no Desjardins, o banco onde abrimos conta. Fomos recebidos pela nossa gerente que passou os cartões, cheques e as coordenadas de como funciona o sistema financeiro. Não entendi praticamente NADA do que ela falou. Isso me assustou! o_O A nossa sorte é que meu cunhado nos acompanhou nesta aventura e serviu de intérprete. Se não fosse ele…

Impressionante como o serviço público funciona sob uma educação singular. As pessoas são gentis. É claro que tem aquelas meio assim assado, mas são minoria.

A bem da verdade, as pessoas são diretas e práticas.

Nossa primeira experiência foi no MICC. Confesso que fiquei frustrada com a nossa visitinha lá, pois achei que seria recebida com um abraço caloroso. Eita sangue latino! O funcionário que nos recepcionou foi seco e direto. Marcou um rendez-vous (RDV) para o dia seguinte na Bibliothèque Gabrielle-Roy.

E que biblioteca! Chegamos no horário marcado para assistir a uma palestra de “boas vindas”, ministrada por duas mulheres que falavam pausadamente. Começamos a nos sentir menos perdidos e reforçamos o que já sabíamos a respeito da documentação necessária para quem chega como residentes permanentes, francisation e outras ajudas governamentais. Ficamos uma manhã inteira por lá e na companhia de outros brasileiros, marroquinos, africanos e tunisianos. Tudo junto e misturado. No final, fomos convidados a participar de uma semana de integração de 16 a 20 de junho. Claro que aceitamos e com muito gosto, pois todo conhecimento é sempre bem-vindo.

Em seguida, fomos em busca do NAS ( numéro d’assurance sociale ). A grosso modo, é o CPF do Brasil. Fomos bem recebidos no órgão governamental por uma recepcionista que nos solicitou a confirmação de residência permanente ( CRP ), passaportes e comprovante de residência. Pediu para aguardamos e depois de uns 10 minutos o agente nos atendeu. Voilà! Já temos o NAS.

É bom lembrar que a CRP é, sem dúvida, o doc mais importante aqui. Portanto, muito carinho e cuidado.

Próximo passo foi correr atrás da Assurances maladie et medicament ( o SUS daqui ). E no mesmo esquema. Primeiro passamos pela recepção, depois o agente do governo nos recebeu para os trâmites. É preciso tirar uma foto lá mesmo e pagar a bagatela de $ 10,35. Obviamente apresentamos passaportes, CRP, CSQ ( primeira vez que nos pediram ) e comprovante de residência ( minha irmã nos ajudou, pois ainda não temos nenhum contrato no nosso nome ) Voilà! Já estamos inscritos e em agosto poderemos usufruir do sistema de saúde ( espero não precisar ).

Ainda na burocracia de chegada, minha irmã ligou pra marcar meu RDV com o médico por conta da Condition 32 da minha CRP. Segundo a atendente, receberei uma carta com as coordenadas até 30 de junho. No aguardo…

Fizemos também nossa inscrição na Francisation de tempo integral oferecida pelo Governo, que está marcada para meados de agosto. Preenchemos o formulário ( Canadá ama formulário porque funciona ), anexamos cópia da CRP e despachamos via correio. No aguardo…

Como a Francisation só começará em agosto, nos inscrevemos também em um curso GRATUITO de Francês destinado a imigrantes. Faremos uma prova de nivelamento e as aulas vão de 07 de julho a 20 de agosto.

Nosso Francês está fraco. Fato! O sotaque québecois é muuuuuito estranho. Por isso, qualquer curso e/ou contato mais aprofundado com a língua vai nos ajudar. Ainda mais sendo 0800, não é mesmo?!

Agora o foco é procurar o apê. Já estamos quase lá. Fica pro próximo post!

Bises!!!

image

Família!

image

Entre um RDV e outro, turistamos! Chateau Frontenac, ao fundo, é lindo!
image

Irresistível!
image

Irresistível!
image

Irresistível!
image

Oh Canadá.
image

De olho neste apê. Tomara…

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

10 respostas para La première semaine

  1. Valéria Bortz disse:

    Coisa boa esse tanto de notícias pra lá de legais!! Poxa, Nilian!! Fico tão feliz, minha flor!! É muito bom ficar sabendo de tudo que tá rolando aí! Ri demais da conta de você contar que não entendeu bulufas do que a mulher tava falando!! Eu vi a sua cara contando o caso!! E dei pala! Ô, saudade! Mas daqui a pouco você vai estar arrasando! E com sotaque estranho e tudo!! Beijo proceis!

  2. Rita Arouca disse:

    Cada foto linda!!! e que gracinha de AP!!!!

  3. gabi disse:

    depois aos poucos vcs acostumam com sotaque. dê tempo aos ouvidos e ao cérebro de processar tanta informaçao nova!

  4. lumazzand disse:

    Olá Nilian, td bem?! Meu marido e eu acompanhamos a saga de vcs mas qse não comentamos!!rsrsrs…e estamos na mesma…embarcaremos para a nossa vida nova em Julho…então imagina só a tensão!! Vc comentou que a sua irmã te ajudou com os comprovantes de residência para a retirada dos documentos…isso quer dizer que não precisamos ter um no nosso nome??..obrigada desde já!! Bjosss

    • Brazucoise disse:

      Olá!
      Imagino a ansiedade e a pilha que estão…rs! Passei por isso também, mas digo que é uma mudança maravilhosa! Vocês vão ver só! É muito bom!
      Quanto ao comprovante de residência é o seguinte: Imagino que vcs já sabem aonde vão se instalar nos primeiros dias (hotel, casa de amigos, apê provisório, etc). Quando desembarcarem e fizerem o landing terão que apresentar o endereço de onde ficarão, juntamente com um telefone de contato. Até aí tudo tranquilo.
      Quando correrem atrás dos documentos provinciais (NAS e Assurrance maladie), vcs precisam comprovar o endereço tbm que deverá estar no nome de vcs (contrato de alguel provisiório, etc)
      Caso não tenham nada no nome de vcs (como foi o meu caso), vcs precisam de um “responsável” que vai assinar uma declaração, comprovando o local onde vcs se instalaram.
      É importante lembrar que este “probleminha” de comprovante de residência só acontece na Assurrance maladie.
      Minha irmã assinou esta declaração por nós.
      Bom, se fui prolixa na informação me desculpe. Espero ter ajudado…
      Qquer coisa que precisarem mande e-mail tb(brazucoise@gmail.com).
      Abracao e Boa sorte!!!

      • lumazzand disse:

        Nossa Nilian….mto obrigada mesmoooooooo!!!! Era tudo o que eu precisava saber!!! Sim, já temos onde ficar e alguns amigos para nos ajudar, mas nada em nosso nome! Mas sabendo que é só isso que precisamos fica mto mais fácil!!! E bem mais tranquilizante tb!! Obrigada e sucesso pra vcs!!! Qqer coisa dou um grito!!!!!rsrsrsrs bjosss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s