Nacionalismo X Digestão

Salut mes amis!

Provavelmente você, que é um candidato a Residente Permanente no Canadá, já esbarrou com um post assim e hoje foi a minha vez de contribuir para este repertório tão polêmico.

Explico! Existe uma questão que sempre mexeu comigo “Brasil: ame-o ou deixe-o”. Os anos se passaram e cada vez mais eu fui descobrindo a resposta dentro de mim, mas nunca revelei meus motivos por respeito a inúmeros familiares e amigos que amam este país. Com o Processo de Residência Permanente isto ficou mais do que evidente e não sofri nenhuma recriminação até ontem, 20 de julho de 2013…rs!

Neste fim de semana fiquei um pouco chocada com uma nacionalista exacerbada que só faltou me matar quando soube da minha vontade pela emigração.

Explico de novo! Encontramos com um casal de amigos, que há tempos não víamos. Eles vieram a Juiz de Fora para as solenidades, comemorações e festas de formatura de uma sobrinha. E no espaço entre um evento e outro, combinamos um almoço para colocarmos o papo em dia e matar a saudade. Contudo, alguns familiares deles estavam presentes também e quando uma das primas ouviu, lá do outro lado da mesa, que Fabricio e eu estamos na fila do processo canadense, a mulher resmungou algo que eu não entendi e fechou a cara.

No finalzinho do encontro, quando já estávamos nos despedindo de todos, eis que surge a nacionalista que me aluga alguns minutos só metralhando frases do tipo É um absurdo deixar o Brasil. O Brasil é o país do futuro. O Brasil é o melhor lugar do mundo para se viver. O Brasil tem o melhor clima. O brasileiro é melhor povo para se conviver. Até Deus é Brasileiro. Você deveria se sentir honrada de viver aqui e blá blá blá.

A minha resposta? O silêncio. Ouvi toda a ode ao Brasil silenciosamente e não retruquei ou discordei, mesmo porque o almoço foi delicioso e queria digeri-lo com deleite.

A prima-nacionalista ficou sem graça com minha indiferença à opinião dela e, da mesma forma que surgiu para me aporrinhar, desapareceu deixando minha digestão em paz.

E só pra constar: espero deixar o melhor lugar do mundo, o país do futuro, o melhor clima e o melhor povo sem pensar duas vezes e com prazer.

Tenho certeza de que muitos colegas sabem do que estou falando.

C’est la vie!

Bises

Clamor nacional - Nivanio J.B.

Clamor nacional – Nivanio J.B.

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

12 respostas para Nacionalismo X Digestão

  1. Juliana disse:

    Para mim, só posso dizer: “Demoro pro visto sair!!” hehehehe

    E acho tb nao precisamos ser radicais. Esta hist de “amo-o ou deixe-o” é muito da ditadura. Não é pq eu vou para o Canadá que não amo o país. Eu só procuro o melhor para minha família e para mim e acredito que o Brasil esteja longe disso, infelizmente. E, sinceramente, país do futuro? Nosso “cavalo” da oportunidade passou e não montamos nele. Hoje, somos o país do BRICS que menos cresce, fruto de nossa incompetência e comodismo – enraizados em nossa cultura, tal como o maldito “jeitinho brasileiro”.

    Mas pessoas assim existem d monte. Tenho uma amiga mto proxima q se distanciou pq nao concorda, acha um absurdo e nao quer manter contato pq estarei longe. Ok, eh uma opçao dela e respeito. Da mesma forma q nao espero nd menos com relacçao à minha escolha.
    De gente assim que fujo. Do Brasil corrupto, preguiçoso e intolerante.

    “Vai consulado.. Work work work!! Give my visa :)”

    • Brazucoise disse:

      O Brasil sofre de câncer e já está em fase terminal. Somente um milagre salvará esta peleja aqui. E pior de tudo isso é que fico mal de zarpar e “deixar” amigos e entes queridos mergulhados num lugar tão doente.
      São as escolhas da vida, não é mesmo, Ju?!

      E só pra reforçar sua corrente positiva: “Vai consulado.. Work work work!! Give my visa 🙂 ”

      Beijos

  2. Ai, é muita frescura! Por que as pessoas, além de ter esse tipo de pensamento tacanho, ainda fazem questão de externalizá-lo? Me poupe! Felizmente ninguém nunca teve coragem de me abordar com esse tipo de colocação, acho que é porque as pessoas que me rodeiam sabem que eu revidaria, sem pensar na minha digestão nem nada…

    E eu acho que o hit da ditadura se aplica hoje em dia sim: se eu realmente amasse o Brasil, não estaria no Québec. Aí pode não ser o melhor país do mundo, mas se uma pessoa AMA ela fica, apesar dos pesares. Eu não curto esses lances nacionalistas de amor à pátria e vim embora feliz da vida, sem dó! A única coisa que me faz falta são as pessoas amadas…

    Beijos,
    Lidia.

    PS: Esses dias saí pra tomar sorvete com a Dea e com a Camila e ficamos falando que nós três temos vontade de te conhecer, que gostamos do seu blog e blablabla. Estamos torcendo muuuito pro seu visto sair logo, Nilian! 🙂

    • Brazucoise disse:

      Tomara que a Prima-nacionalista se transforme numa super heroína com super poderes para salvar este país aqui. Acredito que só ela mesma tem tesão para tal façanha…hehehehe

      Enfim, já disse uma vez e repito: o Brasil sofre de câncer e está em fase terminal. Não vejo cura pra isso aqui não ):

      Cadê meu visto?! Macacos me mordam!

      Abração!
      Nilian

      P.S. Eu tenho certeza, Lídia, que todo este carinho recíproco via Blog vai se estender. Consigo visualizar vocês passando um fim de semana no meu humilde lar em Ville de Québec, regado a bons vinhos e conversas saudáveis. Um dia… 😀

  3. ahh se tivesse sido comigo! Mas a primazia da questão foi sua elegância! Adorei! e eu sempre pensei nessa frase do “Brasil, ame ou deixe-o”… bem, quemmsair por último tranca a porta e apaga a luz! Allez au Québec!!!

    • Brazucoise disse:

      O silêncio faz milagres, caros Mademoiselle et Monsieur…rs!
      E não me importo de sair por último, desde que eu saia.
      Ô trem agarrado este tal de Visto, heim?!!! Haja ♥!

      Abraços e Obrigada pela visita!
      Nilian

  4. Les Lapins disse:

    #morri de inveja do seu estilo-lady-de-ser, pq. votê-contá, aqui de riba eu falei mentalmente umas coisas bem chulas para sua prima míope, imagina se fosse a minha, môdeuzo, isola! 🙂

    Bjocas
    Erika

    • Brazucoise disse:

      Chuta que é macumba, Fia!!!
      Ninguém merece gente bitolada, né?! Nem na literatura eu curtia aquela onda de poeta/poesia nacionalista, quem dirá na vida real…hehehe
      Bjin
      Nilian

  5. Get Away disse:

    Nilian vc teve muita classe mesmo, eu já mandaria um : se vc gosta tanto, vc que fique aqui!!!!
    Como nós ainda não contamos para ninguém ainda que embarcamos nessa de imigrar para o Canadá, ainda não passamos por essas situações! Por isso que ainda não revelamos os nossos nomes…
    Cada vez mais eu torço por vc, agora ainda mais!!! Fiquei com raiva da prima-nacionalista!
    Bjs

    • Brazucoise disse:

      Olá, Get Away!
      Uma coisa positiva que posso tirar desta experiência maluca de Imigração canadense é a prática incessante da paciência.
      Respira! Inspira! Respira! Inspira! Owwwmmm…
      Chegarei lá praticamente uma monge tibetana bebedora de vinho…rs!
      Abração
      Nilian

  6. WILIAM disse:

    VC FOI MUITO BEM, A MELHOR RESPOSTA É O SILENCIO, EXISTE MUITA GENTE QUE VIVE EM SEU MUNDINHO E NÃO PENSAM EM UM FUTURO MELHOR, PRINCIPALMENTE PARA OS FILHOS, ATÉ OS PARENTES ATRAPALHAM, EU E MINHA ESPOSA ESTAMOS VIVENDO ESSE DRAMA TBM, NOS SOMOS DE 20/12/11, QUE A FILA ANDE PARA TODOS NÓS !! BOA SORTE !!

    • Brazucoise disse:

      Ei, William! Prazer em conhecê-lo.

      Meu marido, que é um pouco radical, me disse que esta prima nacionalista provavelmente nunca deve ter sofrido nenhum tipo de violência social e que deve ser uma Alice no País das Maravilhas…rs!

      O fato é que eu ainda acho que não vale à pena gastar minhas palavras numa discussão sobre essa “coisa” de Brasil Ame-o ou Deixe-o. Por isso, silenciei. Mas dá vontade sim de falar um monte de verdades pruma Alice dessas…rs!

      E sigamos em frente porque a fila vai andar!!! Torcendo…

      Abração
      Nilian

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s