Mente vazia, oficina do Diabo!

Salut mes amis!

Bem, esse papo de reclamar, sofrer, se martirizar pelo atraso e pela leseira do Consulado tá enchendo demais e me matando a conta gotas!

Putz! Estava a um passo de partir para os ansiolíticos e tentar aliviar o stress e principalmente a ansiedade, mas optei por outra alternativa: ocupar minha cabeça.

Abri o peito e me matriculei num intensivo de Inglês. Inglês?!

Pois é, preciso me livrar destas amarras em relação à Língua de Shakespeare. Preciso soltar minha voz.  Com um cadim de esperança, me matriculei em um curso especial que demanda três vezes por semana com duração de três horas cada aula. Ou seja, uma injeção na veia de 9 horas semanais falando, ouvindo e escrevendo. Começo na próxima segunda-feira. Rá!

E o Francês de Victor Hugo?!

Ora pois! Este não está abandonado não. A FEL mantém meu contato semanal com a língua mais romântica e charmosa do planeta ♥

Cansei de sentir pena deste Processo Foderola e de mim mesma. Eu apenas quero seguir os inúmeros conselhos de colegas que já estão em Québec e que sempre batem na mesma tecla: aproveitem enquanto estiverem no Brasil para estudar inglês e principalmente o francês.

Quero ocupar ao máximo o meu precioso tempo com atitudes que somarão na minha vida! Afinal de contas o velho ditado popular proclamado insistentemente pela minha avó realmente faz sentido. “Mente vazia, oficina do Diabo!”

Tô babando verde demais durante minhas horas de folga, alimentando um monstrinho que vocês já sabem qual é…

Chega!

Mãos à obra!

Bises

Google Imagens

Google Imagens

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Mente vazia, oficina do Diabo!

  1. Camila disse:

    Que inveja Nilian. Queria conseguir fazer o mesmo, como queria. Mas não sei porque não ando conseguindo me concentrar nem um tiquinho de nada nos estudos. 😦
    Acho que estou desmotivada.
    Pelo menos continuo lendo e ouvindo muito as duas línguas… melhor que nada né!
    bjos

    • Brazucoise disse:

      Force um pouco, Camila! Falo isso de experiência própria.
      Eu quase desisti da FEL, chegava sugada do trabalho, entrava na CBQ, chorava, não queria fazer mais nada. Estava sem ânimo pra tudo e empurrando minha vida, me sentido uma coitada!
      Cruzes! Chuta que é macumba!
      Parei com isso de vez! Primeiro, voltei para as minhas caminhadas, depois para a meditação e agora pro Inglês.
      Estou outra pessoa, mas ainda entro na CBQ…rs!!! Quem disse que fico sem espionar as notícias do Processo?! Oh Vida! rs!
      Beijos
      Nilian

  2. Vivs disse:

    Isso aí, faz muito bem!! 😀
    Como inglês eu já tenho, eu fiz alguns cursos de informática no ano passado, me ajudou muito a manter a sanidade durante a espera! Recomendo a todos os amigos que ainda não chegaram aos 18 meses de espera, que é atualmente quando o processo está chegando ao fim (tomara que isso diminua), fazerem o mesmo! Busquem algum curso para incrementar o curriculum ou mesmo por puro prazer. Se eu não estivesse chegando ao fim (amém), eu já teria começado a fazer um curso de fotografia! 🙂
    Vamos em frente!
    Abraços!

    • Brazucoise disse:

      Ei, Vivs!
      Que bom vê-la por aqui. Melhor ainda ler os seus conselhos.
      Acredito que o caminho seja este mesmo: aguçar mais e mais o conhecimento!
      Beijo Grande
      Nilian

  3. Uhu! É isso aí, Nilian! Eu estava pensando em fazer a mesma coisa, mas acho que não vai rolar de pagar um intensivo, pois as escolas aqui em Brasília são MUUUUUITO caras… Então o máximo que poderei pagar é um curso regular, com 2 aulas por semana, de 1h30 cada. Mas acho que já ajuda, né? Ainda mais se eu continuar meio viciadinha em assistir seriados… Tá sendo ótimo, pois além de me distrair, faz meus ouvidos se acostumarem à sonoridade do inglês.

    Aliás, esse mês eu estou bastante ocupada, não tem espaço vazio na minha mente para o diabo montar sua oficina, ainda bem!

    Beijos e bons estudos,
    Lidia.

    • Brazucoise disse:

      O tempo é precioso demais, né Lídia! Quanto mais aproveitá-lo, mais retorno nós temos…E jajá acordaremos em Québec.
      Que sua semana seja produtiva, ma belle!
      Abraços!
      Nilian

  4. Pingback: Se Nilian não vai a Québec, Québec vai até Nilian (: « Brazucoise

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s