Não façam isso!

Salut, mes amis!

A visita de minha mana e sua trupe aqui do lado debaixo da América continua rendendo grandes descobertas e observações.

Hoje posso me abrir com vocês sobre um Pré-Projeto que Mon mari et moi pensamos em realizar. Estávamos na fissura em tirar o visto de turismo, zarpar para Ville de Québec, fazer um curso de Francês e esperar o andamento do Processo Federal por lá. Pesquisamos muito sobre essa possibilidade em vários sites e blogs. Estávamos bem encorajados em concretizar esta ideia e já havíamos colocado no papel prós e contras, além, é claro, da possibilidade de renovar os vistos de turismo, caso os seis meses expirassem antes de sair a Residência Permanente.

Com a cabeça nas nuvens e os pés no chão, esperamos a visita de minha mana mais velha para trocar uma ideia, sentir a realidade nua e crua e escutar atentamente sua sugestão.

E a resposta dela frente ao Pré-Projeto: NÃO FAÇAM ISSO!

Realmente, não é tao simples assim e teríamos muitas dores de cabeça por lá, principalmente se a Residência Permanente não saísse durante a vigência do visto de turismo (99,9% de chances de acontecer).

E será que estaríamos preparados para retornar ao Brasil tão frustrados e derrotados?? Teríamos sorte em conseguir emprego novamente aqui em Juiz de Fora?? Não ficaríamos estressados com os trâmites ultra burocráticos para alugar apê novamente, mobiliá-lo e blá blá blá?? Valeria gastar tanto assim com esse Pré-Projeto para correr o risco de ir por água abaixo?? Fora a pressão psicológica.

Essas indagações somadas a um exemplo que minha mana nos confidenciou foram primordiais para voltarmos à Terra.

Ela sofreu com o drama de um colega brazuca que foi obrigado a voltar pra cá pois esta estratégia não deu certo. O visto dele venceu, não conseguiu renová-lo e a Residência não saiu. Voltou deprimido, infeliz e com pouca grana!

Por outro lado, temos o exemplo bem sucedido dos colegas do Projeto Super Nova. O final foi feliz e nós vibramos com a saga deles. Mas no último post foram sinceros e revelaram com muito detalhe o lado negativo desta decisão: a incerteza.

Assim, caímos na real de que tudo tem sua hora. Não correremos esse risco. Sossegamos os corações ansiosos e viveremos dia após dia até que tudo seja resolvido da forma mais segura, mesmo que dure mais uns 12 meses (estamos no quinto mês de Federal).

E assim o Pré-Projeto virou Pseudo-Pré-Projeto!

Vida que segue e com os pés no chão…

Bisous

Blog Escrevendo e Semeando

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Não façam isso!

  1. Ai, Nilian… Aqui em casa também já pensamos mil vezes em fazer isso! Quando bate AQUELA fissura de chegar logo lá, aquela urgência e tal, sempre consideramos a possibilidade de ir com visto de turismo e esperar a finalização do processo por lá.

    Mas eu morro de medo, pois o visto só dura 6 meses e teríamos que ir apenas quando estivesse faltando exatamente esse tempo para a finalização do processo. O GRANDE problema é: com o Consulado, como saber QUANDO serão os 6 meses finais? O prazo só vive aumentando, imagine a situação de quem embarcou achando que o processo acabaria em 14 meses e agora já tá beirando os 18? Difícil, né…

    Enfim, temos que aprender a ter paciência…

    Beijos,
    Lidia.

  2. ANa disse:

    eu cheguei aqui cheia de projetos, tenhos 2 dias na cidade e ja mudei tudo, aqui a vibe eh outra, melhor nao gastar $ com curso e faca francisation aqui de graca, guarde tudo p trazer de uma vez, achei que meu $ daria para uns 6 meses, mas acho q nao vai durar nem para 2 meses.

  3. Mamãe ZO disse:

    Les brazucois, tudo bem?
    Acho que esse plano já passou pela cabeça de todo mundo que espera por esse processo estafante, no entanto fiquei muito curiosa com o caso que a sua mana te confidenciou: O visto de RP não saiu? Você sabe o que houve? A gente ouve tão poucos testemunhos de residencia negada que eu gostaria de saber o que houve. Claro, sem revelar detalhes pessoais, você pode nos dizer o que aconteceu?

    Bon courage, abraços.
    Mamãe ZO

    • LesBrazucois disse:

      Bonjour, Mamãe ZO!
      A residência permanente deste amigo de minha mana não foi negada. Ela só não saiu antes de vencer o visto de Turista dele. E para não ficar ilegal lá, teve que voltar e esperar aqui no Brasil a finalização do Processo. Como vc já deve saber, os prazos do Consulado estão uma verdadeira zona! Por isso, não podemos planejar uma estratégia dessas contando com Consulado, não é mesmo?!
      Bisous!
      Nilian

  4. thiagoocampo disse:

    Ótimo post. Acho q serve de alerta pra mta gente q toma essa decisão precipitadamente até em razão dessa espera sem fim na fila do Consulado. Acho q tem até mais histórias de sucesso do q fracassos nesse plano alternativo… mas eu acredito tbm num lado meio espiritual da coisa, tipo… td tem sua hora certa e blá blá blá. Enfim, podem não concordar comigo mas acho q td flui na hora certa de cada um… tentar fazer acontecer nem sempre pode ser um bom negócio!
    Bjos

    • LesBrazucois disse:

      Estamos seguindo este raciocínio, Thiago, de que o nosso tempo não é o tempo de Deus… Cedo ou tarde, nossa hora vai chegar! Tenho refletido bastante e concluí que Fabricio e eu nos fortalecemos demais como casal durante todo esse Processo. Um verdadeira fase de amadurecimento. Abração!!
      Nilian

  5. Outro ponto negativo desse plano é não estar coberto pelo seguro saúde e ter que pagar um… a gente nunca sabe,né? Acho melhor esperar do que arriscar…
    Aproveite muito a visita da soeur em JF!
    bisous

    • LesBrazucois disse:

      Ei, Carol! Você tocou num ponto primordial: o seguro saúde. Realmente é extremamente necessário e oneroso também, né?!
      Minha soeur tá entrando nos docinhos da Fábrica de Doces Brasil e nas coxinhas e cigarretes da Maxi Pão. Nunca vi uma pessoa comer tanto…rs!
      Bjo grande…
      Nilian

  6. Carol disse:

    ola! otimo post 😀
    olha, acho que tomaram uma boa decisão… mesmo sabendo que esperar eh super sem graça…
    como a Ana mencionou, voces vao ter direito a francisacao de graca e, enquanto esperam ser chamados, podem fazer cursos pagando realmente muito pouco, apenas por terem o status de residentes permanentes (quando chegamos, nos matriculamos numa escola de educacao prara adultos que custava 40$ a cada 4 meses).
    além disso, quando vierem pra cá de vez, enquanto estão estudando ou esperando aparecer uma boa oportunidade de trabalho, sempre é possivel encontrar um empreguinho basico pra ir levando as coisas sem mexer nas economias que fizeram.
    estou torcendo por vcs!!!

    abs,

    Carol

  7. luefenoca disse:

    Eu sei bem como é difícil a espera, mas se serve de consolo o tempo passa rápido e chegando aqui como residente permanente o governo te ajuda bastante com a adaptação, $$ (da francisação e do reembolso das aulas de francês). Paciência é tudo que eu posso te deixar de dica.

    • LesBrazucois disse:

      Lu e Fe, a paciência é o exercício mais praticado aqui em casa nesses últimos meses. Fabricio sempre diz que chegará por aí praticamente um Buda…rs! Obrigada pela visita de vcs aqui no Brazucoise 😀 Abraços e Vamu que vamu!
      Nilian

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s