O ministro e o pé-de-cabra

Salut, mes amis!

Estamos deveras desanimados e inseguros. Os últimos dias não têm sido muito fáceis. Uma avalanche de informações e fatos desagradáveis resolveu ancorar na porta de casa.

Primeiro, a declaração do Ministro da Imigração, Jason Kenney, de que o Processo de Imigração para o Canadá tem chance de ser bloqueado reformulado,  nos deixou sem chão, sem perspectivas e muito, muito perdidos. São tantas informações, especulações e teorias que não sabemos mais o quê pensar. Não conseguimos parar e refletir racionalmente, pois estamos abalados.

Resta-nos mesmo esperar. Esperar por uma péssima notícia, esperar por um sinal de vida do nosso Processo, esperar que minha irmã chegue com novidades quebecoises, esperar sem os braços cruzados, pois a vida real continua e precisamos trabalhar, além de estudar e manter a esperança de que tudo se resolverá.

E esse comodismo todo, esse marasmo e essa esperança plastificada estão minando minha vida… Que pressão, minha gente!

Como se não bastasse toda essa loucura imigratória onde nos enfiamos, nosso prédio foi invadido no último domingo e o apartamento vizinho foi arrombado com um pé-de-cabra. Resultado: estamos tensos e com mais medo do que nunca dessa violência desenfreada que nossa cidade está sofrendo.

Nós acreditávamos morar num bairro tranquilo aqui em Juiz de Fora, num prédio seguro com grades, duas portas de entrada, interfone, garagem com porteiro 24 horas. Seguro? Caímos na real que não! Por mais aparatos e sistema de segurança, a violência chega mesmo. Não é de hoje que observamos o crack pelos arredores do prédio. Adolescentes e jovens fumando a céu aberto e em plena luz do dia. E nós passando por eles como se fossem invisíveis, fingindo ser a coisa mais normal do mundo, desprezando completamente este problema social.

Por essas e outras, eu rogo para que o Ministro pegue o pé-de-cabra e arrombe toda essa moleza, agilizando na velocidade da luz todos os Processos pendentes, inclusive o nosso!

Bisous

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

17 respostas para O ministro e o pé-de-cabra

  1. thiagoocampo disse:

    Nossa! Eu tava até meio tranquilo até hj cedo… nunca acreditei q eles pudessem vir até nós com um tapinha nas costas e um “obrigado, mas…”
    Só q ontem em uma palestra do QC aqui em SP parece q foi dito q quem já está no Federal não tem mais prazo de espera… WTF? Não sei mais o q pensar, o q esperar… Eles nos vêem como números e isso é um fato. Esquecem q há famílias, planos, vidas, esperanças… Quero manter o otimismo mas hj está difícil!
    abraço

  2. Ana disse:

    Desânimo batendo por aqui também… e eu que pensava que nós seríamos respeitados, já que o país tem um processo de imigração oficial. Coitada, né? Espero muito que nossos esforços não sejam em vão =/

    abraços!

  3. ericsobral disse:

    E eu sempre olho pra porta da minha cozinha e penso: “Se fosse no Brasil essa porta não seria assim…”. A porta tem uma parte de vidro e a tranca de dentro é só rodar com a mão, no Brasil era vidro quebrado e porta aberta em 2 segundos. 😦

    Força que tudo se resolve.

  4. Nilian, nem fale… é tudo muito novo… e dificil de entender!!!!

  5. Vem Junto disse:

    Olá Nilan, me solidarizo a vocês! Que acontecimento ruim e depois de uma notícia que nos deixa em total suspense!
    Mas tem um ditado que diz: “O que é o do homem, o bicho não come”. Juntem o pouquinho de ânimo que resta e fiquem firmes, lembremo-nos que o objetivo e a vida futura nos farão esquecer, um dia, toda essa angústia.
    Também devemos ter em mente que as vitórias e conquistas mais satisfatórias são aquelas conseguidas nas batalhas mais duras e aguerridas.
    Abraço
    Força e esperança!

  6. Sandro disse:

    Senhores, estive na Palestra do Quebec ontem aqui em SP. Os processos de Skilled works serem “cancelados” são 0! O grande problema está relacionado aos refugiados e aqueles relacionados a familia.

  7. Julia disse:

    Ah, Nilian, que coisa horrivel! Sei bem como você se sente… O nosso apartamento no Brasil ja foi arrombado e levaram tudo que puderam! Da um sensaçao horrivel de pensar que você nao pode fazer nada e pensar como tem gente ruim nesse mundo, que invade a casa dos outros sem dor na consciência. Isso, somado a um sequestro relâmpago que eu sofri na frente de casa. Sinceramente, acho que foram esses 2 fatos que me tiraram o tesao de morar no Brasil.

    Mas, bola pra frente! Parece que os comentarios do senhor ministro se referem so aos processos federais e nao provinciais. Logo logo vocês recebem uma notivia boa do consulado! Nao desanimem nao e mantenham o pensamento positivo!

    Courage!!

    • Brazucoise disse:

      Julia, ma belle, não vou mentir que esses dias estão sendo crueis, viu! O ♥ tá pequenininho, mas a vontade de realizar esse sonho da imigração quebecoise aumentou mais e mais. Obrigada por dividir suas experiencias também!
      E Obrigada por transmitir com tanto esmero a nova vida em Montreal. Isso nos faz sentir mais perto do sonho, nos faz um bem danado…
      Abração especial!

  8. e eu que pensava que JF fosse um lugar seguro…
    Fique tranquila que vai dar tudo certo! Acho que vcs ainda este ano estarão com os vistos em mãos!

    bisous

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s