Bonne Chance

A maioria dos nossos amigos e entes queridos pergunta o  por quê dessa vontade de largar o Brasil e recomeçar do zero em outro país, uma vez que temos nossas vidas, de certa forma, bem estruturadas por aqui.

É bom poder esclarecer nosso sentimento em relação a isso. Primeiro, não vamos largar nosso país. Sabemos e valorizamos nossas raízes e jamais negaremos isso. O que realmente pesou, e pesa, é a falta de valorização profissional, a falta de segurança, a instabilidade, a falcatrua, o jeitinho brasileiro, a educação, o despreparo do funcionalismo público.

Estamos cansados disso! E muito cansados mesmo… Estamos engatinhando no Processo ainda. Recebemos as duas primeiras cartas do Escritório de Imigração do Québec em São Paulo e atualmente nos preparando para a tão temida Entrevista com um Agente Quebecois. Se tudo correr bem, pegaremos nosso CSQ e partiremos para o Processo Federal: mais uns 14 meses de espera, de ansiedade, de vontade…

Enquanto isso, vamos levando nossas vidas normalmente, nos dedicando aos nossos empregos. Afinal, antes de qualquer gana de mudança, somos profissionais! Além disso, uma viagem aqui e outra ali pelas montanhas das Minas Gerais, um showzinho aqui e outro ali na Apoteose ou no Morumbi. Um vinhozinho aqui e outro ali na companhia dos nossos amigos. E sim! Sentiremos falta destes momentos…

Mas, Nada É Por Acaso e Nada Está Certo Ainda!

Só rogamos a Deus que esta decisão seja a melhor!

Anúncios

Sobre Les Brazucois

:: Fabricio & Nilian . Aventuras e desventuras desses dois imigrantes em Québec, Canadá ::
Esse post foi publicado em Voilà. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Bonne Chance

  1. Rafa Menezes disse:

    Olá Nilian!!

    Estava dando uma olhada no seu blog e gostei muito do que vi!

    A escolha de imigrar é muito difícil com certeza. Deixar toda estrutura de família e amigos pra trás é bastante complicado, né?

    Mas acho que estamos buscando uma melhor qualidade de vida, um lugar em que as pessoas sejam educadas e não tirar vantagem de tudo, né?

    Eu e minha esposa também começamos estamos “engatinhando” no processo também… e a ansiedade é grande…rsrs

    Boa sorte nesta empreitada!!!

    Estamos acompanhando…

    • Nilian disse:

      Eu diria, caro Rafa, que esta é uma decisão corajosa, não é mesmo? Afinal esta mudança requer mais racionalidade do que emotividade. Meu marido e eu nem pensamos duas vezes…rs Infelizmente pra nós o Brasil traz frustrações profissional e pessoal.
      Enfin… C’est la vie!!
      Muito Obrigada pela visita e fique a vontade para aproveitar do conteúdo… Espero poder ajudar em alguma coisa!
      Abraço fraterno para você e sua esposa.
      Permaneçam Firmes&Fortes!
      Nilian

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s